... ...

PORTAL DO VALUATION

Motivos para Fusões e Aquisições de Empresas

Motivos para Fusões e Aquisições de Empresas

Você conhece os motivos para fusões e aquisições de empresas que acontecerem no Brasil? Conheça mais sobre essas estratégias e sobre o valuation consultoria.

Antes mesmo de iniciar esse artigo e escrever sobre alguns motivos para fusões e aquisições, é bom que você saiba que esse mercado tem crescido muito no Brasil e em outros países.

O mundo corporativo tem voltado suas atenções, às possibilidades de crescerem seus negócios, realizando aquisições de empresas e fusões de empresas, que atuam positivamente em seus mercados.

Uma estratégia de negócios muito comum para as empresas é se unirem a outras corporações ou comprarem outras incorporações.

Isso ocorre por vários motivos, visando sempre o crescimento e o desenvolvimento das organizações envolvidas.

Contudo, é preciso muita atenção e acompanhamento aos motivos para fusões e aquisições.

Se for mal conduzido o processo, toda a oportunidade envolvida em criar uma empresa fortalecida pode gerar um grande problema devido à má gestão.

Mas, para que as fusões e aquisições m&a sejam vantajosas, é necessário ter uma avaliação de mercado que muitos conhecem por business valuation ou simplesmente por Valuation de empresas, para tomar a decisão mais sensata e com mais probabilidade de desenvolvimento no mercado.

 

Leia o artigo sobre: O que é Business Valuation.

 

 

motivos-fusoes-aquisicoes

Fusões de empresas – Como é a estratégia?

Fusões de empresas significa unir os patrimônios de todas e formar uma nova sociedade, sendo que as corporações iniciais deixam de existir.

Resumidamente podemos definir dessa forma, mas existem tantas variáveis no processo de fusão e aquisição que seria muito simplista fecharmos o conceito dessa forma.

Segundo alguns analistas, o modelo empresarial brasileiro passou por uma profunda transformação.

Iniciou-se no Brasil o ciclo da reengenharia dos negócios, no qual predominariam as operações de Fusões e Aquisições.

Os principais fatores, que possibilitaram o surgimento e a consolidação desse novo ciclo, foram:

  1.  A globalização de mercados reais;
  2.  A intensificação dos fluxos mundiais de investimentos estrangeiros diretos;
  3.  A redução de mecanismos tradicionais de proteção;
  4.  A remoção de barreiras ao ingresso de capitais estrangeiros, para investimentos diretos no país;
  5.  As privatizações;
  6.  Os processos sucessórios em empresas familiares.

As vantagens em realizar as fusões e aquisições de empresas são inúmeras, porém quero abordar as que considero mais visíveis aos empreendedores.

Se está gostando desse artigo, fica comigo na leitura pois pretendo abordar mais motivos para fusões e aquisições que talvez você desconheça.

Vamos as vantagens:

  • Maior abrangência de mercado:

Toda empresa acaba focando em uma área do mercado para atuar.

Com a estratégia certa, é possível diversificar os nichos de atuação, já que engloba, em uma mesma sociedade, os conhecimentos, as tecnologias e o patrimônio de todas as corporações antigas.

  • Atinge um público maior:

Antes de realizar a fusão de empresas, ambas as marcas possuem um público-alvo específico.

Após realizar a operação, esses públicos também são unidos, aumentando o alcance da nova empresa.

  • Redução de custos e aumento de receitas:

A nova empresa conta com mais oportunidades de negócio, aumentando a conversão e, consequentemente, a receita.

Além disso, essa estratégia visa suprir necessidades das duas empresas iniciais, reduzindo os custos de produção.

 

 

Como adquirir uma empresa

E como funciona o processo de adquirir uma empresa?

Basicamente e em sua grande maioria, podemos dizer que a fusão e aquisição m&a possui três etapas bem definidas:

  1. Due Diligence;
  2. Negociação;
  3. Integração.

 

Due Diligence

Trata do início do processo de aquisições, podendo ou não ser realizada sigilosamente.

São realizados levantamentos e análises sistematizadas sobre a empresa a ser adquirida, no intuito de avaliar a viabilidade da aquisição.

Costumam-se analisar os aspectos mais objetivos do negócio, ou seja, os de caráter financeiro.

Dessa forma, em regra, os integrantes da equipe responsável pela due diligence têm formação financeira, carecendo o grupo de multidisciplinaridade.

O mais indicado é que se contrate uma empresa para realizar a Due Diligence, para que não haja conflito de interesses.

Ela irá, através de levantamentos dos dados da empresa, checar a veracidade das informações.

 

 

Negociação

É uma etapa duradoura e estressante, podendo ocorrer de maneira profissionalizada.

Isso ocorre, quando é conduzida por profissionais competentes e experientes da própria empresa (o que não é recomendável por vários fatores).

Ou de instituições especializadas como é o caso da nossa consultoria em fusões e aquisições.

Ou quando acontece de forma mais personalizada, com os proprietários pessoalmente à frente das negociações (o que pode ser altamente estressante).

Um dos principais desafios das aquisições é imprimir agilidade aos processos de negociação.

A qualidade das informações obtidas na due diligence, a definição prévia de uma estratégia consistente…

… e a identificação de negociadores com base nessa estratégia são algumas medidas que podem contribuir para a redução do tempo desta etapa extremamente importante para o sucesso da operação.

 

Uma dica importante!

Não entregue a negociação da sua empresa para qualquer pessoa!

O prejuízo por falta de conhecimento do processo completo, pode trazer um quadro irreversível na comunicação e insucesso na operação, que poderá envolver a sua felicidade e da sua família.

Integração

É fundamental para o processo de aquisições de empresas.

São geralmente utilizadas duas modalidades de integração, quais sejam:

  • Definir o processo a priori ou,
  • Construí-lo sob medida.

Na definição a priori, as decisões são centralizadas e a conclusão é normalmente mais rápida e objetiva, sendo os decisores, em geral, executivos especializados.

No processo construído sob medida, que ocorre quando a empresa compradora não dispõe de um plano definido, privilegia-se o bottom up, ou seja, as contribuições de baixo para cima.

Apesar do caráter participativo, trata-se de um processo geralmente mais lento e conflituoso.

Quero abordar esse assunto em outro artigo, devido a sua importância no entendimento dos empresários.

 

 

motivos-fusões-aquisições

Quais os motivos para fusões e aquisições?

Vários são os motivos para fusões e aquisições que direcionam o investidor a decidir a comprar uma empresa, contudo vou abordar as que representam mais de 50% do total.

São eles:

  1. Ganhos de Market Share (participação no mercado);
  2. Maior amplitude geográfica de atuação;
  3. Crescimento, com ampliação de escalas operacionais;
  4. Ampliação da competitividade;
  5. Diversificação (tanto da linha de produtos quanto de negócios).

O objetivo das estratégias de fusão de empresas é desenvolver uma empresa forte, consistente no mercado, mas os motivos para escolher essas ações são diversos.

Vejamos alguns:

  • Custos de terceirização inviáveis:

Em alguns casos, investir na terceirização ou adequar uma empresa para realizar certo serviço não é viável.

A alternativa é se unir ou comprar a parte de outra corporação que fornece o serviço.

  • Expansão de mercado:

Uma empresa sozinha não consegue abranger vários nichos de mercado diferentes, pois isso acarretaria em investimentos muito altos e perda de foco administrativo.

Com o processo de fusão empresarial, é possível utilizar o patrimônio de várias empresas para conquistar outras áreas.

  • Desenvolvimento das empresas:

Outro fator decisivo na hora de realizar a fusão entre empresas ou comprar marcas, é o desenvolvimento de patrimônio ter mais alcance do público-alvo, conseguindo abraçar uma parcela maior do mercado.

Além disso, há outros motivos específicos para buscar a fusão entre empresas para cada transação, como uma compra de empresa que promete ser lucrativa ou uma unificação para diminuir a concorrência, entre outros fatores.

 

Leia o artigo sobre: Avaliação de Empresas – Valuation

 

Modalidades de Fusões e Aquisições M&A

Gosto de ressaltar cinco tipos de fusões e aquisições, por se completarem em seus conceitos.

São eles:

  • Horizontal

Ocorre entre duas empresas que pertencem a um mesmo ramo de atividade e geralmente concorrem entre si.

É quando uma empresa adquire outras de mesmos processos, produtos e mercados, visando a um aumento da produtividade e da capacidade organizacional, por meio de economias de escala e escopo;

 

  • Vertical

Se define como o grau e a extensão de propriedade que uma organização tem da cadeia produtiva da qual faz parte.

Numa mesma cadeia, a organização pode expandir-se para o lado do fornecimento da rede e/ou para o lado dos clientes.

Se administradas coerentemente, podem proporcionar melhorias de qualidade, agilidade, confiabilidade, flexibilidade e custos;

 

  • Conglomerado

Ocorre quando empresas de ramos diferentes se unem numa fusão empresarial para aproveitar oportunidades, diversificar e reduzir riscos;

Os Fundos de Investimentos adoram esse tipo de fusão de empresas.

 

  • Expansão geográfica

Situação em que uma empresa adquire unidades de produção em lugares distantes, principalmente no exterior, a fim de aproximar-se dos novos mercados ou das fontes de matéria-prima.

Espera-se reduzir custos de transporte, distribuição e aprovisionamento;

 

  • Congênere

Trata-se do relacionamento entre empresas do mesmo setor, porém proprietárias de linhas de negócios diferentes, não existindo prévia relação entre elas, ou seja, relação de cliente e/ou fornecedor.

Apesar da semelhança com a modalidade horizontal, diferencia-se desta por não permitir o relacionamento de cliente e/ou fornecedor.

 

                                                              ◊  ◊  ◊  ◊  ◊  ◊

 

Conclusão

Para analisar essas questões e decidir se a fusão ou a aquisição são interessantes para uma corporação existe a valuation consultoria, que sabe como calcular o valor de uma empresa e dá dicas de como realizar de forma mais eficiente essas estratégias.

Nosso escritório de fusões e aquisições em SP, tem expertise no assunto e poderá lhe ajudar em todo o processo de gestão, oferecendo com excelência o melhor desenvolvimento dos trabalhos para sucesso da operação.

Quer conhecer mais sobre essas estratégias de aquisições de empresas ou fusões de empresas para seu desenvolvimento empresarial?

Tem dúvidas sobre a consultoria de fusões e aquisições?

Converse conosco e iremos esclarecer todas elas.

Creio que o intuito do artigo em demonstrar os motivos para fusões e aquisições das empresas, atingiu o objetivo de trazer informações relevantes para os empresários que buscam uma solução eficiente e pró ativa para as suas corporações. Preciso te dizer que antes de decidir iniciar um projeto de fusões e aquisições, é fundamental e obrigatório realizar o Valuation da empresa. É através dele que chegaremos no valor justo da empresa, e teremos material com fundamentação econômico/financeiro para tomar decisões que sejam acertadas no decorrer do processo.

Preencha o nosso formulário para agendarmos uma reunião on-line de 30min, em que, iremos conhecer a sua empresa e analisarmos a melhor forma de avaliar através dos métodos de Valuation que se aplicar.

Para isso, basta clicar no botão abaixo e você será redirecionado para o formulário de preenchimento do agendamento, SEM COMPROMISSO ALGUM.

 

Se gostou do artigo compartilhe em suas redes sociais e com amigos empresários que possam estar procurando ou precisando do nosso serviço.

O Portal do Valuation tem expertise para te ajudar na sua necessidade.

 

Isso nos estimula a escrever mais artigos relevantes para os empreendedores.

 

 

BOTAO - Quero Avaliar Minha Empresa

 

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Portal Valuation - Equipe Conteúdo

Portal Valuation - Equipe Conteúdo

error: Content is protected !!