Imposto Sobre Venda de Empresa: Quanto Pagar?

imposto-sobre-venda-de-empresa

Você está pensando em vender sua empresa no Brasil? Se sim, é importante entender como os impostos podem afetar esse processo. Muitos empreendedores não sabem ao certo quanto devem pagar de imposto sobre venda de empresa, o que pode gerar surpresas desagradáveis no momento da transação.

Neste artigo, vamos explorar os custos tributários envolvidos na venda de uma empresa no Brasil e mostrar como calcular os impostos de forma eficaz.

Você descobrirá quais são os principais tributos a serem considerados, como o imposto sobre ganhos de capital e a Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL), e como eles podem impactar o resultado final da venda.

Compartilharemos dicas valiosas para minimizar a carga tributária e realizar o planejamento necessário.

Se você quer saber quanto pagar de imposto sobre venda de empresa ou simplesmente deseja entender melhor os aspectos fiscais desse processo, continue lendo.

Vamos revelar tudo o que você precisa saber para tomar decisões informadas e garantir uma transação bem-sucedida.

Principais pontos deste artigo:

  • Os custos tributários envolvidos na venda de uma empresa no Brasil
  • Como calcular corretamente o imposto sobre venda de empresa
  • O impacto do imposto sobre ganhos de capital na transação
  • A Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) e sua importância
  • Dicas para minimizar a carga tributária e realizar o planejamento adequado

 

venda-de-empresa-no-brasil

Venda de Empresa no Brasil: Aspectos Importantes

Antes de mergulharmos nos detalhes do imposto sobre venda de empresa, é importante entender os aspectos importantes relacionados à venda de uma empresa no Brasil. Vamos abordar questões legais, documentação necessária e outros fatores relevantes.

Como Vender uma Empresa: Passo a Passo

Vender uma empresa é um processo complexo que exige planejamento e estratégia. Nesta seção, vamos fornecer um guia passo a passo para ajudá-lo a navegar por todas as etapas envolvidas na venda de uma empresa.

1: Preparação

O primeiro passo para vender uma empresa é se preparar adequadamente. Isso envolve relizar o valuation da sua empresa, ou seja, avaliar o valor da sua empresa, reunir documentos e informações relevantes, como declarações financeiras, planos de negócios e histórico de vendas.

Certifique-se de que a sua empresa esteja organizada e pronta para atrair potenciais compradores.

2: Avaliação

É muito normal em nossas reuniões de atendimento aos clientes, eles perguntarem: quanto vale minha empresa? Antes de fixar um preço para a sua empresa, é importante realizar uma avaliação precisa através do valuation.

Considere contratar um avaliador profissional, uma consultoria de avaliação de empresas para determinar o valor realista da sua empresa com base em fatores como ativos, receitas, lucros e mercado.

Uma avaliação de empresa precisa ajudará a atrair compradores sérios e maximizar o valor da venda.

3: Marketing

Uma vez que a sua empresa esteja preparada e avaliada, é hora de iniciar o processo de marketing.

Desenvolva um plano de marketing eficaz para atrair compradores em potencial. Isso pode incluir anúncios online, contatos pessoais, parcerias de negócios com corretor de negócios, e divulgação em redes sociais.

Certifique-se de apresentar sua empresa com uma narrativa convincente e destacando seus pontos fortes e diferenciais competitivos.

4: Negociação

Antes de apresentar os números da empresa para o comprador, você deverá ter o NDA – Termo de Condidencialidade assinado por esse comprador, desde que ele tenha interesse em conhecer mais sobre a empresa.

Quando um comprador em potencial mostrar interesse, é hora de iniciar as negociações. Nesta etapa, estabeleça uma linha de comunicação clara com o comprador e prepare-se para discutir termos, condições e preço.

Esteja aberto a propostas e seja flexível, mas também defenda o valor que você acredita ser justo para a sua empresa.

Por experiência de mercado, preciso alerta-lo que sempre deixe claro para o comprador em potencial, que você fez o valuation da empresa. Isso demonstra que você não está supondo o valor,  e que se preocupou em saber o valor justo da sua empresa.

Esse detalhe faz muita diferença nas negociações.

5: Due diligence

Uma vez que as negociações tenham progredido e você e o comprador estejam em acordo sobre os termos, será necessário conduzir uma “due diligence”.

Isso envolve fornecer ao comprador acesso a informações detalhadas sobre a sua empresa, sua situação financeira, estrutura organizacional e contratos legais.

Normalmente, quando você realiza o valution, ele será usado com uma ferramenta fundamental para essa conferência.

Certifique-se de fornecer informações precisas e completas para evitar qualquer problema no futuro.

6: Acordo de venda

Após a conclusão da due diligence, é hora de redigir e assinar um acordo de venda. Este documento legal formalizará os termos e condições da venda, incluindo preço, condições de pagamento e responsabilidades pós-venda.

É recomendável contar com a orientação de um advogado especializado em direito empresarial para garantir que o acordo proteja seus interesses.

7: Conclusão

Finalmente, uma vez que todas as negociações e documentos estejam em ordem, é hora de concluir a venda da empresa.

Esta etapa pode envolver a transferência de ativos, transferência de ações e qualquer outra ação necessária para formalizar a transferência de propriedade. Certifique-se de cumprir todas as obrigações legais e fiscais relacionadas à venda.

Vender uma empresa pode ser um processo desafiador, mas seguir esses passos pode ajudar a garantir uma transição suave e bem-sucedida.

Lembre-se de buscar o apoio de profissionais qualificados ao longo de todo o processo para obter orientação especializada e evitar problemas futuros. Ter uma equipe profissional para a intermediação de negócios é um diferencial.

Estamos tratando nesse artigo: imposto sobre venda de empresa, fique conosco até o final do artigo, pois será de grande utilidade para o seu entendimento.

 

venda-de-empresa-online

Venda de Empresa Online: O Que Você Precisa Saber

Com o avanço da tecnologia, muitas empresas estão optando por vender seus negócios online. A venda de empresa online oferece diversas vantagens, mas também possui desafios que devem ser considerados.

Nesta seção, discutiremos os aspectos importantes e forneceremos dicas úteis para aqueles que desejam adotar essa abordagem.

Vantagens da Venda de Empresa Online

A venda de empresa online apresenta várias vantagens significativas em relação às abordagens tradicionais. Algumas das principais vantagens incluem:

  • Maior alcance de potenciais compradores: Ao vender uma empresa online, você pode alcançar um público global de forma mais eficiente, aumentando suas chances de encontrar um comprador adequado.
  • Menor custo: A venda de empresa online geralmente envolve custos menores do que a abordagem presencial, pois você reduz despesas relacionadas a viagens, marketing impresso e outros gastos.
  • Rapidez no processo: A venda online permite que você agilize o processo de negociação e conclusão do negócio, eliminando etapas burocráticas e facilitando a comunicação com os interessados.

Desafios da Venda de Empresa Online

Apesar das vantagens, a venda de empresa online também apresenta desafios que exigem planejamento e estratégias adequadas.

Alguns dos desafios comuns incluem:

  • Construção de confiança: É essencial construir confiança com potenciais compradores online, pois eles podem não ter a mesma segurança de uma interação presencial. Certifique-se de fornecer informações claras e precisas sobre a empresa e ofereça formas de contato confiáveis.
  • Valoração correta da empresa: Determinar o valor correto da empresa pode ser mais desafiador no ambiente online. É importante utilizar métodos de avaliação confiáveis e considerar o mercado e os concorrentes ao definir o preço.
  • Segurança das informações: A venda online envolve compartilhar informações confidenciais com potenciais compradores. Certifique-se de adotar medidas de segurança adequadas para proteger os dados da empresa e evitar possíveis problemas futuros.

Para ter sucesso na venda de empresa online, é fundamental se preparar adequadamente e buscar orientações profissionais, e claro esteja atento ao imposto sobre venda de empresa.

A seguir, destacamos algumas dicas úteis:

  1. Elabore uma apresentação detalhada da empresa, incluindo informações sobre sua história, ativos, finanças e projeções futuras.
  2. Crie um website atraente e informativo para a empresa, destacando seus diferenciais e mostrando profissionalismo.
  3. Utilize plataformas de negócios online confiáveis e especializadas na venda de empresas.
  4. Esteja preparado para responder a perguntas e fornecer documentação necessária de forma ágil e eficiente.
  5. Considere a contratação de um intermediário ou uma consultoria especializada em vendas de empresas online, para orientação e apoio durante todo o processo.

A venda de empresa online pode ser uma excelente opção para alcançar um público maior e otimizar os processos de negociação.

No entanto, é essencial estar preparado para os desafios envolvidos e adotar estratégias adequadas para garantir uma transação bem-sucedida.

Vantagens da Venda de Empresa OnlineDesafios da Venda de Empresa Online
Maior alcance de potenciais compradoresConstrução de confiança
Menor custoValoração correta da empresa
Rapidez no processoSegurança das informações

 

venda-de-empresa-lucrativa

Venda de Empresa Lucrativa: Implicações Fiscais

Quando uma empresa é vendida com um histórico lucrativo, é crucial considerar as implicações fiscais envolvidas. A venda de uma empresa lucrativa normalmente resulta em ganhos de capital, que estão sujeitos a tributação no Brasil.

E ainda, outros custos tributários podem ser aplicados, impactando o retorno financeiro da venda, pois, como você sabe, no Brasil existe uma variedade de imposto sobre venda de empresa que você deve considerar.

Os ganhos de capital são tributados de acordo com a alíquota determinada pela Receita Federal. Essa alíquota pode variar dependendo do valor do ganho e do tipo de empresa.

Empresas individuais, por exemplo, têm uma alíquota de 15%, enquanto empresas classificadas como Lucro Presumido podem ter uma alíquota de até 34%.

É importante consultar um profissional contábil para determinar a alíquota correta e calcular o imposto sobre venda de empresa  adequadamente.

Além dos ganhos de capital, outros custos tributários também devem ser considerados.

O CSLL (Contribuição Social sobre o Lucro Líquido) é um imposto que incide sobre o lucro da empresa e pode representar uma porcentagem significativa do valor final da venda.

É importante estar ciente desses custos e considerá-los ao negociar o preço de venda da empresa.

Exemplo de Implicações Fiscais na Venda de uma Empresa Lucrativa:

Tipo de ImpostoAlíquota
Ganhos de Capital15% – 34%
CSLL9% – 32%

Os valores acima são apenas exemplos e podem variar dependendo da situação específica da empresa e das regras fiscais aplicáveis.

É fundamental buscar a orientação de profissionais especializados em contabilidade e finanças para entender completamente as implicações sobre o imposto sobre venda de empresa de um negócio lucrativo.

Dessa forma, você poderá tomar a melhor decisão e maximizar o retorno financeiro da transação.

 

venda-de-empresa-pequena

Imposto Sobre Venda de Empresa Pequena: Aspectos Tributários

Quando uma empresa de pequeno porte é vendida, é importante estar ciente das obrigações tributárias envolvidas.

Embora as transações de venda de empresas menores possam não ter o mesmo impacto financeiro das vendas de empresas maiores, ainda existem impostos que devem ser considerados.

Um dos principais impostos que as empresas de pequeno porte podem enfrentar ao serem vendidas é o imposto de renda sobre ganhos de capital.

Esse imposto é aplicável quando há lucro na venda da empresa, sendo calculado com base na diferença entre o valor de venda e o custo de aquisição, com ajustes pertinentes.

É importante conhecer as alíquotas e as regras específicas desse imposto, bem como os prazos de pagamento desse imposto sobre venda de empresa.

Além do imposto de renda sobre ganhos de capital, também é necessário considerar a Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) na venda de uma empresa de pequeno porte.

A CSLL é um imposto incidente sobre o lucro obtido pela empresa e possui alíquotas variáveis de acordo com a natureza jurídica da empresa e seu faturamento. É fundamental entender como calcular corretamente esse imposto para evitar problemas futuros com o fisco.

Outro aspecto tributário relevante na venda de uma empresa de pequeno porte é a apuração dos tributos indiretos, como o ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) e o ISS (Imposto sobre Serviços).

Esses impostos podem ser aplicáveis dependendo das atividades realizadas pela empresa, e é fundamental entender as obrigações fiscais relacionadas a eles.

Como calcular corretamente o imposto sobre venda de empresa pequena?

Para realizar o cálculo correto do imposto sobre venda de empresa de uma empresa de pequeno porte, é recomendável contar com a assessoria de um contador especializado nesse tipo de transação.

Um profissional contábil poderá analisar a situação tributária da empresa, identificar os impostos envolvidos e calcular corretamente os valores a serem pagos, considerando as alíquotas e regras aplicáveis.

A venda de uma empresa de pequeno porte pode trazer grandes benefícios, mas é fundamental estar preparado para lidar com as obrigações tributárias envolvidas. Um planejamento tributário adequado e o suporte de profissionais especializados podem ajudar a garantir que a venda da empresa ocorra de forma legal e eficiente.

 

venda-de-empresa-de-tecnologia

Venda de Empresa de Tecnologia: Planejamento Tributário

Empresas de tecnologia possuem características únicas que afetam o planejamento tributário na venda. Compreender essas particularidades é essencial para garantir uma transação financeiramente vantajosa e em conformidade com a legislação.

Nesta seção, discutiremos estratégias e considerações específicas para a venda de uma empresa de tecnologia.

Características da Venda de Empresa de Tecnologia

Antes de mergulharmos no planejamento tributário, é importante compreender as particularidades da venda de uma empresa de tecnologia. Essas características únicas podem ter implicações significativas nas obrigações fiscais e no cálculo dos impostos.

“A tecnologia está em constante evolução, o que pode impactar o valor da empresa e a forma como os ganhos de capital são calculados. Além disso, a propriedade intelectual, patentes e ativos intangíveis desempenham um papel crucial nesse tipo de transação.”

Planejamento Tributário na Venda de Empresa de Tecnologia

O planejamento tributário desempenha um papel fundamental na venda de uma empresa de tecnologia. Aqui estão algumas estratégias importantes a serem consideradas:

  1. Análise dos Ativos e Passivos: É essencial realizar uma análise detalhada dos ativos e passivos da empresa de tecnologia antes da venda. Isso ajuda a identificar possíveis riscos fiscais e estruturar a transação de forma mais eficiente.
  2. Otimização dos Ganhos de Capital: Buscar a melhor estrutura para a transação a fim de otimizar os ganhos de capital é crucial. Isso pode envolver a venda de participações sociais ou a alienação de ativos específicos.
  3. Aplicação de Incentivos Fiscais: Existem incentivos fiscais específicos para empresas de tecnologia. É importante analisar se esses benefícios podem ser aproveitados na venda da empresa.
  4. Planejamento Sucessório: Em alguns casos, o planejamento sucessório pode ser uma estratégia eficaz para minimizar os impactos tributários na venda de uma empresa de tecnologia.

Garantir um planejamento tributário adequado na venda de uma empresa de tecnologia é fundamental para maximizar os lucros e evitar surpresas desagradáveis no momento da transação e no pagamento de imposto sobre venda de empresa.

Consultar um profissional especializado em planejamento tributário é altamente recomendado para garantir que todas as estratégias sejam implementadas corretamente.

 

venda-de-empresa-de-servicos

Venda de Empresa de Serviços: Impostos e Avaliação

Quando se trata da venda de uma empresa de serviços, é importante compreender as peculiaridades relacionadas à avaliação e aos impostos envolvidos.

Diferente de outras indústrias, as empresas de serviços possuem características únicas que influenciam esses aspectos.

A avaliação de uma empresa de serviços costuma ser baseada em múltiplos de receita ou lucro, levando em consideração fatores como a carteira de clientes, a reputação da empresa e a previsibilidade de fluxo de caixa.

Em muitos casos, a venda de uma empresa de serviços é impulsionada por ativos intangíveis, como o conhecimento e a expertise dos profissionais envolvidos. Portanto, é essencial avaliar corretamente esses ativos para determinar o valor justo da empresa.

Além da avaliação, o imposto sobre venda de empresa também desempenham um papel importante na venda de uma empresa de serviços.

As obrigações tributárias podem variar de acordo com a estrutura jurídica da empresa, o regime de tributação utilizado e os ganhos obtidos com a venda.

É fundamental considerar os seguintes impostos:

  1. Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ): Este imposto incide sobre o lucro obtido pela empresa. Na venda, o IRPJ pode ser devido sobre os ganhos de capital.
  2. Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL): A CSLL é um imposto federal que incide sobre o lucro líquido da empresa. Assim como o IRPJ, também pode ser aplicado sobre os ganhos de capital na venda de uma empresa de serviços.
  3. PIS e COFINS: Essas contribuições sociais incidem sobre a receita bruta da empresa e também devem ser consideradas na venda.

Para garantir uma venda tranquila e evitar problemas futuros, é altamente recomendável buscar o auxílio de profissionais especializados em auditoria e contabilidade para auxiliar na análise dos impostos envolvidos na venda de uma empresa de serviços.

A venda de uma empresa de serviços é um processo complexo que requer análise detalhada e estratégias adequadas para a avaliação e os impostos. Não hesite em buscar o apoio de especialistas para garantir uma negociação bem-sucedida.

ImpostoDescrição
Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ)Imposto que incide sobre o lucro da empresa e pode ser aplicado sobre os ganhos de capital na venda.
Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL)Imposto federal que incide sobre o lucro líquido e também pode ser aplicado sobre os ganhos de capital na venda.
PIS e COFINSContribuições sociais que incidem sobre a receita bruta da empresa.

 

venda-de-empresa-de-comercio

Venda de Empresa de Comércio: Tributos e Avaliação

Quando se trata da venda de uma empresa no setor de comércio, é essencial compreender as particularidades relacionadas à avaliação e aos tributos envolvidos nesse processo.

Nesta seção, examinaremos essas questões de forma específica, fornecendo informações relevantes para guiar proprietários de negócios que estejam considerando vender suas empresas de comércio.

Avaliação de uma Empresa de Comércio

A avaliação de uma empresa de comércio é um passo crucial para determinar seu valor de mercado.

Vários fatores são considerados durante esse processo, incluindo o desempenho financeiro da empresa, o valor dos ativos e o potencial de crescimento futuro.

É recomendável buscar a ajuda de profissionais especializados em avaliação de empresas para obter uma análise precisa e justa.

Tributos na Venda de uma Empresa de Comércio

A venda de uma empresa de comércio pode envolver diferentes tipos de tributos, dependendo do regime tributário adotado e das características da transação.

Alguns dos tributos mais comuns incluem o Imposto de Renda sobre o Lucro (IRPJ), a Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) e o Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

O IRPJ e a CSLL incidem sobre o ganho de capital obtido com a venda da empresa. A alíquota do IRPJ varia de acordo com o regime tributário da empresa, enquanto a alíquota da CSLL é fixa em 9%.

É importante ressaltar que existem regras específicas para o cálculo e recolhimento desses impostos, e o apoio de um contador especializado é fundamental para garantir o cumprimento correto das obrigações fiscais.

O ICMS é um imposto estadual que incide sobre a circulação de mercadorias. Na venda de uma empresa de comércio, a incidência do ICMS pode variar de acordo com a legislação do estado em que a empresa está localizada e os produtos comercializados.

É necessário conhecer as regras e alíquotas específicas do ICMS para evitar problemas futuros no pagamento de imposto sobre venda de empresa.

Além dos impostos mencionados, outros tributos podem ser aplicáveis, como o Imposto sobre Serviços (ISS) em caso de prestação de serviços, por exemplo.

Portanto, é fundamental realizar uma análise tributária completa e detalhada para identificar todos os tributos envolvidos na venda da empresa de comércio.

Imposto Sobre Venda de Empresa de Comércio

Realizar um planejamento tributário adequado pode ajudar proprietários de empresas de comércio a reduzir a carga tributária na venda do negócio.

Estratégias como a utilização de empresas holdings, a escolha do momento certo para a venda e a organização prévia dos documentos podem contribuir para uma maior eficiência fiscal.

“Um planejamento tributário bem elaborado pode permitir que a venda de uma empresa de comércio seja feita de forma mais vantajosa, minimizando impactos fiscais desnecessários.” – João Silva, contador especializado em venda de empresas.

É importante ressaltar que cada caso é único e requer uma análise personalizada quando se trata de pagamento de imposto sobre venda de empresa.

Consultar um profissional especializado em planejamento tributário é fundamental para encontrar as melhores estratégias para a venda da empresa de comércio, levando em consideração as características específicas do negócio e a legislação tributária vigente.

 

venda-de-empresa-de-producao

Venda de Empresa de Produção: Considerações Fiscais

Quando se trata da venda de uma empresa de produção, é importante considerar as implicações fiscais específicas que podem surgir. Existem desafios e questões únicas que os proprietários devem estar cientes antes de prosseguir com o processo de venda.

Uma das principais considerações fiscais é o cálculo dos impostos sobre ganhos de capital.

Ao vender uma empresa de produção, é essencial determinar o valor do ganho de capital obtido com a venda. Isso envolve a diferença entre o valor de venda da empresa e o valor contábil líquido dos ativos vendidos, considerando também eventuais dívidas assumidas pelo comprador.

Outro aspecto a considerar são os impostos estaduais e municipais. Dependendo da localização da empresa de produção, podem existir impostos adicionais que precisam ser pagos.

É importante estar ciente dessas obrigações e calcular corretamente o valor total do imposto sobre venda de empresa devidos.

Além disso, a venda de uma empresa de produção pode envolver a transferência de bens físicos, como maquinários, equipamentos e estoques.

Nesses casos, é essencial determinar o valor justo de mercado desses ativos no momento da venda. Essa avaliação é crucial tanto para fins fiscais quanto para garantir um acordo justo para ambas as partes envolvidas.

A tabela a seguir destaca os principais tributos a serem considerados na venda de uma empresa de produção:

TributoDescrição
Imposto de Renda (IR)Imposto sobre o ganho de capital obtido com a venda.
CSLL (Contribuição Social sobre o Lucro Líquido)Contribuição sobre o lucro líquido obtido com a venda.
ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços)Imposto estadual cobrado sobre a circulação de mercadorias.
IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano)Imposto municipal sobre a propriedade imobiliária.

É fundamental buscar orientação de um contador especializado ou consultor jurídico para garantir que todas as obrigações fiscais sejam cumpridas adequadamente durante o processo de venda da empresa de produção.

Esses profissionais podem ajudar a avaliar corretamente os ativos, calcular os impostos devidos e garantir que todos os aspectos legais sejam tratados de forma eficiente.

Ao ter um planejamento tributário adequado e compreender as considerações fiscais envolvidas na venda de uma empresa de produção, os proprietários podem se preparar melhor para a transação e evitar surpresas desagradáveis no futuro.

 

imposto-sobre-venda-de-empresa-conclusao

Imposto sobre Venda de Empresa – Conclusão

A venda de uma empresa no Brasil envolve uma série de custos tributários que devem ser cuidadosamente considerados.

Durante este artigo, discutimos os principais aspectos relacionados à venda de uma empresa, desde o imposto sobre venda de empresa envolvidos até os passos necessários para concluir o processo.

É fundamental compreender as implicações fiscais da venda de uma empresa lucrativa, de pequeno porte, de tecnologia, de serviços, de comércio e de produção.

Cada setor tem suas próprias peculiaridades, e calcular os impostos corretamente pode ajudar a evitar problemas futuros.

Além do aspecto tributário, também abordamos outras considerações importantes, como o planejamento adequado, a documentação necessária e os desafios enfrentados na venda online de uma empresa.

Compreender todos esses aspectos é essencial para garantir uma transação bem-sucedida.

Ao se preparar adequadamente e buscar o suporte de profissionais especializados, você estará em uma posição melhor para tomar decisões informadas e concluir a venda de sua empresa com êxito.

Entre em contato com a nossa equipe de consultores e entenda mais sobre os valores de impostos que as empresas devem pagar quando passam por um processo de fusões e aquisiçõesM&A.

Clique no botão abaixo hoje mesmo e fale com a nossa equipe.

 

portal-valuation-contato

Laércio Pacanari

Laércio Pacanari

Administrador de Empresas, atua como especialista de Valuation para empresas de pequeno e  médio porte desde 2008. Realizou avaliação de empresas dos mais diversos setores como: Transporte e Logística, Energia, Tecnologia, Saúde, Seguros, Indústrias de transformação, entre outros.  Experiência em Avaliação de Mercados e Empresas para  Investimentos em Venture Capital e Private Equity. Escritor do livro digital: Valuation – Guia Completo para Cálculo.

Compartilhar:

Facebook
LinkedIn
Twitter
Pinterest

Baixe seu Ebook Gratuito

Valuation – Guia Completo para Cálculo

ebook-portal-valuation
× Como posso te ajudar?