O Que é ROIC? Como Esse Índice Ajuda Sua Empresa

roic

ROIC, ou Retorno sobre Investimento, é uma métrica financeira usada para avaliar a eficiência e lucratividade de uma empresa. 

É importante para as empresas porque permite comparar seu desempenho com o de outras empresas de seu setor e tomar decisões sobre onde alocar seus recursos afim de buscar liquidez corrente.

O ROIC também pode ser usado como um preditor de desempenho futuro, podendo ser utilizado para identificar investimento com retorno rapido.

Um dos principais objetivos de uma empresa, independente de ser uma pequena empresa ou uma multinacional presente em 30 países é gerar dinheiro para seus acionistas e investidores.

Mas para gerar retorno, as empresas precisam empreender corretamente e investir em ativos.

Esses ativos podem ser fruto do capital próprio da empresa ou proveniente de terceiros. Em qualquer um dos casos, é importante que esse investimento monetário gere um retorno sobre investimento do capital  investido (ROIC).

É sobre essa métrica que vamos falar hoje. 

Se você chegou até aqui, porque deseja entender este índice, como calcular e como interpretar seus resultados, está no lugar certo.

Neste artigo você vai aprender:

  1. O que é ROIC;
  2. Como Calcular; 
  3. Vantagens e desvantagens
  4. Exemplos de como utilizar
  5. Interpretando o índice

Vamos lá?

 

o-que-e-roic

O que é ROIC

A sigla ROIC é derivada do inglês e significa, Return Over Invested Capital que em bom português quer dizer retorno sobre capital investido. Na prática é uma métrica financeira utilizada para detectar quanto de taxa de retorno em dinheiro um investidor ou empresa pode ter a partir de um valor investido.

Existem duas métricas capazes de medir o retorno sobre investimento:

  • O ROIC, que estamos tratando nesse artigo, e 
  • O ROE( Return on Equity).

Ele é a métrica mais utilizada e também considerada pelos avaliadores a mais segura para análise fundamentalista, visto que, através dela é possível detectar como a empresa está usando o seu dinheiro para gerar lucro, com base em seu capital e o de terceiros.

 

 

entendendo-diferencas-metricas-roic-roe-roi

Entendendo as diferenças das métricas ROIC, ROE e ROI

Na avaliação de empresas existem muitas métricas, e algumas delas tem significados e abreviações parecidas, o que pode criar uma grande confusão no momento de calcular os indicadores.

E nesse momento, você pode se perguntar: qual é o calculo de ROIC que devo usar na minha empresa? Quero poder te ajudar a entender isso até o final deste artigo.

Três das siglas que costumam causar confusão são o ROIC, ROE e ROI, mas a partir de agora você não vai mais se confundir.

  • ROIC: É a métrica usada para medir a capacidade da empresa de gerar lucro a partir de todo investimento colocado nela, os seus próprios ativos e os de terceiros ou investidores;
  • ROE : o Return On Equity também mede a capacidade de a empresa de gerar retorno, mas a forma de calcular o ROE, nesse caso considera apenas o investimento da empresa, sem a captação de ativos de terceiros.
  • ROI: O Roi, ou retorno sobre investimento é a métrica que descobre o valor que a empresa perde ou ganha, caso o investimento seja realizado.

Para alcançar o índice correto do retorno de investimento é importante aplicar o cálculo da forma correta. 

Se não conhece ainda a fórmula ROIC, como calcular e como interpretar os resultados, continua aqui que vou te explicar tudo nos próximos tópicos.

 

Leia o artigo sobre: Avaliação de Empresas, Quer Saber o Valor do Seu Negócio?

 

 

 

como-calcular-roic

Como Calcular o ROIC

O retorno sobre investimento, é uma métrica financeira usada para avaliar a lucratividade e o desempenho de uma empresa. 

Para calcular a taxa de retorno, temos que dividir o lucro operacional após impostos da empresa pelo seu capital total. 

Quanto maior o ROIC, mais eficiente e lucrativa é a empresa.

Há algumas coisas a serem lembradas ao calcular o retorno sobre investimento. 

  1. O lucro operacional deve ser ajustado para quaisquer itens únicos ou despesas não recorrentes. 
  2. O capital total deve incluir tanto a dívida quanto o patrimônio líquido. 
  3. E, finalmente, o índice da taxa de retorno deve ser comparado a outras empresas do mesmo setor para obter uma imagem mais precisa do desempenho.

O ponto inicial para calcular o retorno sobre capital investido de uma empresa, é ter os dados corretos sobre as demonstrações contábeis do negócio.

Os principais dados necessários são:

  • Demonstrativo dos resultados do período em exercício ( DRE);
  • Balanço Patrimonial.

A fórmula ROIC utilizada para cálculo é:

    (lucro líquido – dividendos)  /  (dívida + Patrimônio líquido)

O lucro líquido excluindo os dividendos é a fórmula no NOPAT ( Net Operating Profit After Taxes) e a dívida adicionada ao patrimônio líquido representa o capital total da empresa.

Assim temos:

                   ROIC = NOPAT / capital total investido

Ainda parece confuso? Não se preocupe, vou detalhar cada item dessa fórmula.

 

 

entendendo-formula-roic

Entendendo a fórmula ROIC 

Como dito anteriormente a fórmula ROIC é representada por:  (NOPAT / capital total investido). Se você não entende a fundo o que cada nomenclatura tem a dizer, tudo será esclarecido agora.

NOPAT: 

O NOPAT é uma métrica na avaliação de empresas que determina o resultado do processo operacional da mesma. O seu cálculo é determinado usando o lucro operacional líquido após os impostos pagos.

Em outras palavras, podemos dizer que o NOPAT fornece aos acionistas ou investidores uma visão de quanto eles colocariam em seus bolsos se a empresa não tivesse dívidas para pagar.

Embora existam outros indicadores de lucratividade como o lucro líquido, na fórmula do ROIC é necessário considerar o NOPAT, pois o lucro líquido desconta qualquer pagamento de juros, desconsiderando os investimentos de terceiros.

 

Valor Contábil do Capital Investido: 

O valor contábil do capital investido considera o valor da dívida e o capital próprio. 

A razão para tal cálculo é que para calcular a taxa de retorno do investimento é necessário buscar o capital investido em ativos que já existem, logo, tudo é considerado, tanto o capital próprio como o de terceiros.

O período do valor contábil que comumente é adotado é o capital calculado no início do tempo medido. Adotar essa escolha pode evitar erros nessa fórmula.

Agora que você já entendeu o que é ROIC,  como calcular e qual a fórmula vamos avançar e entender quais as vantagens e desvantagens de calcular o retorno sobre investimento, como interpretar os resultados e exemplos de cálculo, na prática.

 

Leia o artigo sobre: Consultoria Valuation Pelo Melhor Preço Do Mercado!

 

 

 

vantagens-e-desvantagens-do-roic

Vantagens e desvantagens do ROIC

Existem inúmeras vantagens em calcular e monitorar a taxa de retorno. 

  • O índice pode ser usado para avaliar a lucratividade geral de uma empresa. 
  • A taxa de retorno de investimento pode ser usado para comparar a lucratividade relativa de diferentes empresas. 
  • Por fim, o ROIC pode ser usado para identificar possíveis problemas nas operações de uma empresa.

Ele também é vantajoso porque não é afetado por práticas contábeis e suas mudanças nas práticas. Isso torna o ROIC uma medida precisa da verdadeira lucratividade de uma empresa. 

Além disso, a taxa de retorno de investimento leva em consideração o valor do dinheiro no tempo, o que o torna uma medida de lucratividade mais precisa do que outras medidas, como lucro líquido.

O monitoramento do índice pode ajudar as empresas a tomar melhores decisões sobre onde alocar seus recursos. 

Por exemplo, se uma empresa perceber que sua taxa de retorno está diminuindo, ela pode decidir investir mais recursos na melhoria de suas operações em vez de investir em novos projetos.

Nenhuma métrica é 100% boa ou 100% ruim, todas possuem vantagens e desvantagens em sua aplicação, com o ROIC acontece a mesma coisa.

Veja algumas das principais vantagens e desvantagens dessa métrica:

 

Vantagens do ROIC

  1. Facilita uma análise comparativa: em casos em que um investidor tenha mais de uma opção de empresas com possibilidade de investimento, usar o retorno sobre capital investido para definir qual delas tem mais capacidade de gerar retorno é um diferencial.
  2. Vantagem competitiva: avaliar a taxa de retorno permite que a empresa visualize o quanto está a sua estabilidade diante da concorrência e de novos concorrentes que entram no mercado. Empresas com alto ROIC podem ficar mais tranquilas em relação à concorrência.
  3. Visão geral sobre o capital: como o retorno sobre capital investido possibilita uma visão ampla do retorno, é capaz avaliar de uma forma geral como anda o capital da empresa. 

 

Desvantagens do ROIC

Existem algumas desvantagens potenciais que as empresas devem estar cientes. 

  • A taxa de retorno de investimento pode ser difícil de calcular e acompanhar de forma consistente ao longo do tempo. Isso pode dificultar a comparação entre empresas ou mesmo dentro da mesma empresa de um ano para o outro. 
  • Além disso, o ROIC nem sempre reflete o verdadeiro valor subjacente de um negócio. Por exemplo, uma empresa com altos níveis de endividamento pode ter uma taxa de retorno alto, mas estar em risco de falência. 
  • Por fim, o ROIC pode ser influenciado por escolhas contábeis, que podem não fornecer uma imagem precisa do desempenho de uma empresa. Existe a possibilidade de ter seu resultado alterado por fraude: demonstrações contábeis são muito suscetíveis a fraudes, o que pode alterar o resultado do índice.
  • Por ser uma métrica geral, não pode lhe dizer qual dos investimentos gerou mais retorno, precisando ser complementada por métricas como ROI e ROE.
  • Não considera o caixa da empresa, logo não é possível saber quais setores está gerando mais lucro ou dando prejuízo.

Ressalto aqui a importância em contratar um profissional em consultoria em valuation, para que todos os calculos sejam revistos por um profissional qualificado.

Agora que você já sabe as principais vantagens e desvantagens do retorno sobre o capital investido, é hora de interpretar os cálculos e ver exemplos de demonstrações.

 

 

exemplos-como-utilizar-roic

Exemplos de Como Utilizar o ROIC

A aplicação do  ROIC é muito simples, depois que você tem em mãos  a fórmulas e os dados necessários, como iremos demonstrar no exemplo abaixo.

Considere que você possui uma organização e os dados abaixo foram lenvantados de forma correta:

  • Lucro operacional: 7 milhões
  • Valor contábil do capital investido: 60 milhões
  • Dividendos: 2 milhões

Usando a fórmula ROIC que já abordamos anteriormente temos

                                      NOPAT / valor contábil do capital investido

Considerando que NOPAT é o valor do lucro operacional subtraindo os dividendos, temos NOPAT no valor de 5 milhões.

Sendo assim ROIC é

                                 5.000.000 / 60.000.000 = 0,083 ou 8,3 %

Com base nesse valor, agora é hora de interpretar esse resultado e tomar as melhores decisões.

 

Leia o artigo sobre: Como É Calculado O Ebitda? Pra Que Serve O Ebitda?

 

 

 

interpretando-roic

Interpretando o ROIC

Como todas as avaliações de empresas e métricas, nada é 100% correto ou errado. Para saber se o valor do seu retorno sobre investimento é bom ou ruim é preciso considerar outros fatores e uma interpretação correta.

Embora não exista uma tabela, existe um senso comum sobre percentuais que servem como ponto de partida.

Quanto mais elevado o valor da taxa de retorno de investimento, maior é a rentabilidade da empresa.

  • ROIC positivo ou elevado: significa que o valor retornado está sendo superior ao valor investido. Considera-se normalmente, embora não seja uma regra,  uma taxa de retorno de investimento positiva a partir de 2% do custo capital da organização.
  • ROIC Negativo ou baixo: significa que o investimento realizado não está tendo retorno e a empresa está tendo prejuízo. Esse valor pode ser considerado negativo abaixo de 2% do capital investido, pois a empresa fica sem excedentes para novos investimentos.

Mas além desses valores outro fator deve ser considerado.

Para interpretar o resultado da métrica é importante tomar como base duas variáveis:

  • Histórico da empresa;
  • Os concorrentes do seu setor.

A partir dessa visão é que você conseguirá saber se o retorno que sua empresa oferece a partir do capital investido é bom ou ruim.

 

 

como-roic-pode-ajudar-empresas

Como o ROIC Pode Ajudar as Empresas?

O ROIC de uma empresa (retorno sobre investimento) é uma métrica usada para medir a eficiência com que uma empresa está usando seu capital. 

Uma alta taxa de retorno significa que uma empresa está gerando muito lucro para cada real/dólar investido e, portanto, é considerada uma empresa bem administrada e eficiente.

Existem algumas maneiras diferentes de calcular o ROIC, mas a maneira mais comum é dividir a receita operacional líquida de uma empresa pelo capital total investido. 

Esse índice mostra quanto lucro uma empresa está obtendo para cada real/dólar investido em ativos.

O ROIC pode ser usado para comparar diferentes empresas dentro do mesmo setor ou para comparar o desempenho de uma empresa ao longo do tempo. 

Também é útil para identificar empresas que podem estar subvalorizadas pelo mercado.

De um modo geral, quanto maior o ROIC de uma empresa, melhor.

 

Leia o artigo sobre: Fluxo de Caixa Descontado

 

 

 

por-que-roic-e-importante-para-empresas

Por Que o ROIC é Importante Para as Empresas?

ROIC, é uma métrica financeira que mede quanto lucro uma empresa gera com o dinheiro que seus investidores investiram nela. 

O índice é importante para as empresas porque mostra a eficiência com que estão usando seu capital para gerar lucros. 

Um ROIC alto significa que uma empresa é boa em ganhar dinheiro para seus investidores e, portanto, é mais provável que atraia mais investimentos no futuro.

O ROIC é importante para as empresas porque mostra a eficiência com que elas usam seu capital para gerar lucros, perfazendo um investimento com retorno rapido ou não.

 

Leia o artigo sobre: Como calcular o Valor de uma Empresa pelo Melhor Preço do Mercado

 

 

 

roic-conclusão

ROIC – Conclusão

ROIC, ou retorno sobre sobre investimento, é uma métrica usada para avaliar a eficiência com que uma empresa está usando seu capital. 

Um ROIC alto indica que uma empresa está gerando muito lucro com seus investimentos, enquanto um ROIC baixo indica que a empresa poderia estar se saindo melhor.

Existem várias vantagens em usar o ROIC como métrica. 

  1. Leva em consideração tanto o financiamento por dívida quanto por capital próprio, o que dá uma visão mais completa da saúde financeira de uma empresa. 
  2. Pode ser usado para comparar empresas de diferentes tamanhos e setores, o que o torna útil para os investidores. 
  3. Por fim, o ROIC é fácil de calcular e entender, tornando-se uma ferramenta valiosa para investidores e analistas.

Apesar de suas vantagens, o ROIC não está isento de críticas. Alguns argumentam que a métrica não leva em conta todas as formas de capital, como capital humano ou propriedade intelectual.

Embora seja um ótimo indicador para visões gerais de investimentos, apenas o ROIC não é eficaz para saber se uma empresa está lucrando ou não, onde ela deve investir mais, quais os setores estão dando prejuízo.

Para uma visão ampla da empresa, o ideal é fazer uma consultoria de valuation completa, com um consultor certificado e apto para tal.

O Portal do Valuation, é uma Boutique Financeira de São Paulo, está em operação há mais de quinze anos e está entre as empresas mais respeitadas do país. A empresa possui uma equipe especilizada em Valuation, com diversas atuações em empresas líderes de mercado.

Todas as métricas e analises integradas vão te permitir uma visão mais detalhada de onde investir, onde melhorar e o que rever na sua organização, para atrair cada vez mais investidores.

Se você deseja uma avaliação completa da sua empresa, clique aqui e marque uma consultoria inicial sem custo.

 

 

portal-valuation-contato

Laércio Pacanari

Laércio Pacanari

Administrador de Empresas, atua como especialista de Valuation para empresas de médio porte desde 2008. Realizou avaliação de empresas dos mais diversos setores como: Transporte e Logística, Energia, Tecnologia, Saúde, Seguros, Indústrias de transformação, entre outros.  Experiência em Avaliação de Mercados e Empresas para  Investimentos em Venture Capital e Private Equity. Escritor do livro digital: Valuation – Guia Completo para Cálculo.

Compartilhar:

Facebook
LinkedIn
Twitter
Pinterest

Baixe seu Ebook Gratuito

Valuation – Guia Completo para Cálculo

ebook-portal-valuation
× Como posso te ajudar?